E esta é a música que mais passa em tudo o que é lojas, secretarias, autocarros, etc.

Anúncios

Os manifestantes estavam em frente ao Parlamento a gritar “resignação”. Queriam que o governo caísse e foi isso que aconteceu ontem (20 Fev.).
Quando estavam a queimar as contas pediam para que o governo parasse as contas do CEZ (empresa da República Checa responsável pela distribuição de energia nesta zona da Bulgária) e para pararem com os monopólios e pararem de roubar.

As pessoas que costumavam pagar uma média de 30 euros por mês de electricidade receberam, no mês de Janeiro, contas que rondam os 100 euros.
Sendo que o salário mínimo na Bulgária é de 230 euros podemos imaginar as dificuldades.